Dimensão do Espaço e Lugar

Estaremos realizando em 8 e 9 de dezembro próximos a 14ª Dimensão –Espaço e lugar, quarto  evento do Ciclo 2  do Projeto na área de Arte e Tecnologia – “10 Dimensões: Diálogos em rede, corpo, arte e tecnologia (UFRN/UFPB/IFRN/FAPERN)” em  Natal, Rio Grande do Norte, no Auditório do IFRN/Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, Campus Avançado da Cidade Alta, (antigo Liceu das Artes), localizado na Av. Rio Branco, 743, tel: 4005-2665 .O evento contará com mini-curso/demonstração sobre Comunicação locativa em Zonas Bluetooth e apresentação da obra artística/game  Campo Minado jogado nas ruas da cidade por meio de uma interface móvel geolocalizada ( a confirmar, a depender condições de redes locais).

A Dimensão do Espaço e lugar tratará da complexidade da experiência do espaço e do lugar proporcionadas  pelas novas tecnologias, especialmente as mídias locativas. Abordará questões e trabalhos que traçam nexos entre a noção de situs e o livre trânsito entre espaço virtual e espaço concreto em situações que proporcionam experiências  de espaço e do  lugar como um campo complexo e multifacetado, onde as alterações da experiência do lugar lidam com  aspectos da intervenção urbana, com possibilidades de interação social e de novas narrativas relacionadas as mídias locativas; também sobre as questões da instauração de trajetórias  e da possibilidade da ativação de  circuito de pontos de acesso audiovisuais e a constituição de narrativas situadas no espaço ampliado da cidade.

Virão como convidados externos Claudio Bueno, artista, pesquisador  e doutorando em Artes Visuais na ECA/Escola de Comunicações e Artes da USP/Universidade de São Paulo, Prof. Dr. Macello Medeiros, pesquisador do GPC/Grupo de Pesquisa em Cibercidades da UFBA/Universidade Federal da Bahia e o professor da  UEBA e Centro Universitário Jorge Amado/BA. Mediará nossos debates a Profa. Dra. Maria do Mar Vázquez y Manzano, do Departamento de Artes da UFRN, Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

PROGRAMA

1)Dia 8 de dezembro, quinta-feira:

17h30:
Palestras com:

-Claudio Bueno (USP)redes invisíveis

Título da Palestra: Lugares Invisíveis

Com base em seus últimos trabalhos o artista abordará aspectos poéticos e críticos do invisível na composição de lugares públicos e privados. Serão destacadas novas relações com o corpo, com a cidade e entre as pessoas; considerando um espaço informacional permeado por dispositivos móveis e de transmissão.

– e Macello Medeiros (Grupo de Pesquisa em Cibercidades (GPC/UFBA),  UEBA e Centro Universitário Jorge Amado/BA)

Título da palestra:

“O Lugar na Comunicação a partir de três aspectos: tipo de interação, meio técnico e contextualização”

A palestra parte da observação de um evento esportivo corriqueiro como um jogo de futebol, este trabalho tem como objetivo lançar uma proposta de estudo sobre o lugar na comunicação a partir de três aspectos: o tipo de interação, o meio técnico e os contextos de produção/emissão e recepção de informação. A depender da relação existente entre estes aspectos, o estudo sobre o lugar na comunicação da origem a quatro formas diferenciadas de comunicação: a Comunicação Local, a Comunicação Situada, a Comunicação Global e a Comunicação Locativa.


2)Dia 9 de dezembro, sexta-feira:


-14 h30 as 17h00 –Mini-curso/demonstração , Apresentação de obra/jogo com celulares ao vivo ( a confirmar) simultâneos:

2a)Claudio Bueno:

Nome do trabalho a ser apresentado: Campo Minado

confira o Vídeo-registro sobre o trabalho

Descrição:

Campo Minado, é um game jogado nas ruas da cidade por meio de uma interface mobile geolocalizada.

Orientado por um mapa, o jogador deverá caminhar sobre uma região predeterminada, do ponto A ao ponto B, tomando decisões de direção que não passem sobre as minas. Caso decida pela direção errada, ou esgote o tempo máximo de cruzamento entre os pontos, o jogo acabará para ele.

Em tempo de euforia coletiva pela utilização de sistemas de mapeamento online e compra de aparelhos GPS – apresentados das mais variadas formas (monitoramento de veículos, cachorros e até bolas de golf), Campo Minado não pretende indicar o caminho certo, mas sugerir uma matriz de possíveis erros, de incertezas, de exploração e experimentação do território percorrido. Por meio da metáfora do campo minado, sugere observações sobre as camadas invisíveis e imponderáveis de nossos percursos diários.

O trabalho já foi apresentado na Cidade do México, em Nova York e em São Paulo. Ganhou o prêmio Transitio_MX 2011 e foi comissionado pelo programa Rumos Arte Cibernética 2009.

2b) Macello Medeiros:

Título do Mini-curso/demonstração: Comunicação locativa em Zonas Bluetooth: o caso do totem educacional e da zona bluetooth unijorge.

Três itens ou comentários o Mini-curso/demonstração: Através de dois casos práticos, o mini curso tem o objetivo de apresentar as diferentes práticas comunicacionais que utilizam a conexão bluetooth, vislumbrando novas possibilidades de uso dessa tecnologia.


17h30 – Mesa–redonda
:

Mídias locativas e as experiências do lugar com:
Claudio Bueno, Macello Medeiros, com mediação de Maria do Mar Vázquez y Manzano .

Pré-inscrições podem ser realizadas no site e no local

FAÇA AQUI SUA PRÉ-INSCRIÇÃO

Mini-bios:

Claudio Bueno

Artista, doutorando em Artes Visuais na ECA-USP, onde concluiu também o seu mestrado intitulado “Que Lugar é Este?”. Em 2011 recebeu Menção Honrosa no Ars Electronica (Linz/Austria), foi premiado no Transitio_MX (México), indicado ao Prêmio Sérgio Motta e artista residente na La Chambre Blanche em Québec. Em anos anteriores foi residente do LABMIS e comissionado pelo Rumos Arte Cibernética do Itaú Cultural e pelo Festival Vivo Arte.Mov. Atua em grupos de pesquisa e prática artística. Por meio de performances e instalações, seus trabalhos articulam noções de rede, participação, lugar e da vida mediada por dispositivos eletrônicos e digitais. http://buenozdiaz.net

Macello Medeiros

Graduado em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda pela UCSal. Doutor pelo Programa de Pós Graduação de Comunicação e Cultura Contemporânea da Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia. Membro do Grupo de Pesquisa em Cibercidades (GPC/UFBA). Membro do Media Ecology Association. Professor da Universidade Estadual da Bahia no curso de Rádio e TV. Professor do Centro Universitário Jorge Amado nos Cursos de Comunicação Social e Produção Audiovisual.

Maria do Mar Vázquez y Manzano

Doutora em Estudos de Arte pela Universidade de Aveiro – UA, Portugal. Graduada em Licenciatura em Artes Visuais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo -CUBASP. Atualmente é Professora Visitante na Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN. Pesquisa as articulações/contaminações entre espaço urbano, arte urbana, mídia e mercado de arte. Coordena o grupo de pesquisa Metodologias de pesquisas interdisciplinares em e sobre artes, no âmbito do Matizes-grupo, DEART-UFRN.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: